Não precisa ser grosseiro, faça críticas construtivas aos funcionários

Está postagem é referente a época em que este blog se chamava: O diario da Srta Lua. A partir de 01 de janeiro de 2016 se chamará Myh Simas



Olá moçada, tudo bem com vcs?
É o seguinte, hoje de manhã eu estava no G1 lendo um artigo sobre: crítica construtiva ao funcionário. bem todo mundo sabe o quanto relação empregado-patrão é delicada, muitas vezes tanto um quanto outro já fica a postos pra trocar aqueles adjetivos carinhosos rs.
Saber fazer uma crítica não é Facil.

Uma crítica mal feita pode gerar conflitos entre chefe e funcionário, além de não ajudar o empregado a melhorar, afirma Wagner Sanchez, professor de gestão de pessoas da faculdade Módulo.

De acordo com Sanchez, a crítica construtiva é feita no momento do "feedback", quando o chefe dá sua opinião, seu retorno, sobre o trabalho do funcionário. (O termo "feedback" é muito usado pelos especialistas em recursos humanos. Pronuncia-se "fídbéqui") e explica que críticas, muitas vezes, são acusatórias e fazem julgamentos. O feedback se concentra em motivar o funcionário, fazendo com que ele reveja seus comportamentos.

O uso o tom de palavras que usamos, pode ser interpretado de forma hostil, gerando desconforto no ambiente de trabalho, um simples exemplo: por que ao invés de chamar uma pessoa de desorganizada, simplesmente não dizemos assim :"algumas coisas que vc faz provoca desordem e devem ser mudadas", aponte os erros, procure saber o por que, dando a oportunidade de seus funcionários se comunicarem.

Algo que geralmente ocorre é funcionário que não aceitam crítica, seja ela como for e patrão que abusa de sua autoridade.
Um outro dia mesmo, entrei em uma loja, a Dona (patroa) estava acabando com os dias de vida da funcionária, pelo simples motivo de uma cliente entrar e não comprar na loja dela, pode isso? bem pra não ser injusta e fazer mal juízo da dona da loja, fui ver como a moça me atendia, a vendedora era um amor de pessoa, comprei a blusa e vim embora, sempre vou na mesma loja a moça tanto comigo, quanto com outras pessoas é um exemplo de atendimento, e a patroa um poço de falta de educação!
Mas é isso aí, torço pra moça conseguir um serviço melhor, só tenho pena de uma outra nova funcionária que possa vir! :S

Gente, aproveitando o post eu gostaria de indicar pra vcs um blog, feito por garotos mas que não é coisa de muleque, a garotada é séria e o conteúdo é bom!
Unidos pelo conhecimento da equipe EEMAK.
Clique no banner e visite:


é isso aí moçada bom fim de semana!
bitoquinhas!

Fonte: G1, e os abacaxis que presencio, novos blogs
Comentários
12 Comentários

12 Comente!:

Marcelo Mayer disse...

ah! mais fácil convidar o funcionário para um chopp e conversarem na boa ;)

Desmanche de Celebridades disse...

Pois é, concordo plenamente....nao precisa ser grosseiro, nem humilhar. Alguem tem q falar isso pro panaca do Roberto Justus, o empresário da mídia.
Abraços.

Na. disse...

Acho que 'patrão' que queira realmente que os negócios vão bem tem uma boa relação com os funcionários... =)

Xerus
=***

Mauro S disse...

Realmente, estes patrões que se consideram o máximo só tendem a destruir funcionários, e em nada contribuirá na vida de todos, nem da empresa, muito menos na vida de uma pessoa que tem que ouvir calado, porque se falar, e na situação, rua.
Coisa séria!
Beijos, vou visitar este site/blog, Mauro

Desmanche de Celebridades disse...

Pois é, pq são esses muros invisiveis, que levam a construção de muros visiveis. E foi isso q tentei expressar.

Abraços e obrigado.

Marcoso disse...

Ótimo post, muitos patroes deviam ler

ivone fonseca disse...

O fato é q as pessoas confundem um pouco esta questão de hierarquias... as vezes acreditam q trabalhar o colaborador envolve derruvba-lo (forma idiota de se auto afirmar). Apenas se esquecem que a vida é uma roda gisagante.

Bom colocação

Renata de Aragão Lopes disse...

E como fazer
críticas construtivas
aos chefes?

Beijo,
doce de lira

Denise disse...

O problema é que ainda existem patrões que se acham no direito de humilhar, pelo simples fato de se sentirem poderosos. Deprimente isso viu...

Mauro S disse...

Que bom que gostou do post, bem isto aí, beijos, Mauro

Silvio Koerich disse...

Legal seu post. Vejo que isso é vital: Um bom feedback faz o funcionário se esforçar mais onde ele pode melhorar, motiva a pessoa. Levar porrada só deixa o cara apreensivo e fudidão.

Dri Viaro disse...

Bom diaaa

Tem promoção Kit pampers no blog, vai ficar de fora dessa?
bjsss boa semana